in ,

Top 5 Escândalos do cinema escondidos por anos

Nesse Top 5 veremos que sempre houve rixas nos bastidores do showbiz. Como se isso empolgasse os fãs, ver dois atores lutando nos bastidores, é especialmente interessante quando essa animosidade supostamente vai parar no produto acabado ou quando ela consegue se esconder por décadas…

Ainda assim, muita coisa é boato e pouca coisa é real. Mas onde há fumaça, geralmente há fogo. E é esse “fogo” que vamos mostrar nesse Top 5.

Os estúdios, diretores e as equipes tentam ao máximo conter o rancor entre as estrelas, porém, a verdade suja tende a se revelar mais cedo ou mais tarde.

Neste caso: muito, muito depois. Por exemplo: Será que as mulheres de Sex and the City eram melhores amigas quando as câmeras não estavam filmando?

Descubra também nesse Top 5 quais estrelas de Star Wars queriam ficar longe umas das outras. Essas rixas desagradáveis ​​no set foram mantidas em segredo por anos, mas estamos prestes a contar algumas…

5 – Uma Thurman e Quentin Tarantino

Pra começar nosso Top 5: Quase ninguém notou qualquer tensão entre Uma Thurman e Quentin Tarantino antes de 2018. Eles pareciam uma combinação perfeita enquanto trabalhavam juntos em Pulp Fiction  e nos  filmes Kill Bill.

Em uma entrevista à Rolling Stone em 2014 , Tarantino apelidou Thurman de sua “musa” e ninguém piscou. Ninguém, exceto… Thurman. 

“Não acho que refleti”, disse ela numa entrevista à Rolling Stone . “Acho que ouvi um monte de cenas, dei minha opinião a Quentin e me matei tentando ajudá-lo a tornar o filme ótimo.” Anos depois, em fevereiro de 2018, esses comentários começaram a fazer sentido.

Em uma entrevista para o The New York Times, Thurman contou (e postou imagens de) um acidente de carro que sofreu em 2002 enquanto filmava uma cena para a saga Kill Bill. Dirigindo um veículo supostamente inseguro, Thurman se feriu seriamente no acidente.

Demorou 15 anos para Thurman conseguir a filmagem porque o incidente foi supostamente encoberto pela produção do filme.

Segundo Tarantino: “Isso afetou a mim e a Uma pelos próximos dois ou três anos … uma confiança foi quebrada”, disse ele ao  Deadline . “Ela me culpou pelo acidente e tinha o direito de me culpar pelo acidente. Não era minha intenção. Falei com ela para entrar no carro, garanti a ela que a estrada estava segura. E não era . “

A atriz já perdoou publicamente o diretor.

4 – Yul Brynner e Steve McQueen

Durante as filmagens de Sete Homens e Um Destino, vários relatos surgiram sobre uma rixa no set entre Yul Brynner e Steve McQueen. Brynner negou veementemente qualquer sangue ruim. “Eu nunca brigo com atores. Eu brigo com estúdios”, disse ele (via  biografia de Michelangelo Capua sobre Brynner ).

Brynner supostamente orientou a McQueen que fizesse o mesmo, mantendo assim sua rivalidade pelo poder em segredo por décadas

De acordo com o livro, Brynner já era uma estrela estabelecida em 1960 e aparentemente utilizou algumas táticas criativas para afirmar seu domínio sobre McQueen.

McQueen supostamente tentou igualar a disputa de outras maneiras também. Quando ele percebeu que tinha poucas falas no roteiro original, ele insistiu que o diretor John Sturges lhe deu mais.

Supostamente, McQueen trabalhou para chamar mais atenção para seu personagem a cada chance que tinha. Mesmo quando parado no fundo, McQueen jogava uma moeda, brincava com seu chapéu – qualquer coisa para supostamente ofuscar Brynner.

McQueen contou uma vez: “Quando você trabalhava em uma cena com Yul” , disse ele, “você deve ficar perfeitamente imóvel a 3 metros de distância. Bem, eu não trabalho assim.”

3 – Meryl Streep e Dustin Hoffman

Mesmo já tendo ganho o Emmy e com suas indicações ao Oscar, quando Meryl Streep foi escalada para Kramer vs. Kramer, em 1979 , ela foi vista como uma novata inexperiente ao lado de Dustin Hoffman.

Na frente das câmeras, Hoffman e Streep compartilharam uma química inegável, evidenciada por seus prêmios da Academia por seus respectivos papéis. Fora das câmeras, no entanto… Era totalmente o contrário.

Décadas depois, em 2016, a biografia não autorizada de Michael Schulman sobre Streep e a subsequente peça da Vanity Fair incluíram afirmações chocantes sobre o tratamento que Hoffman deu à premiada atriz.

De acordo com Schulman, Hoffman, usou táticas obscuras para atrair uma atuação mais emocional de sua co-estrela, incluindo dar um tapa real no rosto dela.

Streep falou sobre o suposto tapa em uma entrevista de 2018 para o  The New York Times . “Este foi meu primeiro filme, e foi minha primeira tomada no meu primeiro filme, e ele apenas me deu um tapa”, disse ela. “E você vê isso no filme. Foi exagero.”

Uma agressão física e psicológica guardada por décadas.

LEIA TAMBÉM:
Top 5 duplas famosas que não se suportam na vida real
Top 5 Papéis que fizeram mal aos atores na vida real
Top 5 Atores que arruinaram suas carreiras em segundos

Nosso Top 5 continua…

2 – Kim Cattrall e Sarah Jessica Parker

top 5

As atrizes Kim Cattrall e Sarah Jessica Parker mantiveram os detalhes de seu relacionamento tenso em segredo por anos. Elas sempre negaram relatos de uma rixa no set de Sex and the City, mas em 2008, o The Telegraph relatou que Cattrall e Parker não estavam se falando.

Também se falou que Cattrall ficava sozinha durante as refeições no set, assim como ela fez no Emmy de 2004. Enquanto isso, as atrizes continuaram a zombar  dos rumores, dizendo que tudo era invenção da imprensa.

Quando o irmão de Cattrall faleceu, Parker enviou suas condolências, e Cattrall  respondeu:  “Seu contato contínuo é um lembrete doloroso de como você realmente era cruel naquela época e agora. Deixe-me deixar isso muito claro: Você não é minha amiga. “

1 – Kenny Baker e Anthony Daniels

Pra fechar com chave de ouro esse Top 5: Os fãs de Star Wars jamais imaginariam que Anthony Daniels e Kenny Baker, os homens dentro dos trajes C-3PO e R2-D2, respectivamente, não se davam nada bem na vida real.

Os dois são conhecidos como uma das maiores duplas do mundo pop! Infelizmente, essa fantasia de amizade entre os atores foi destruída quase três décadas após o lançamento do primeiro filme Star Wars. Em vez de crescer ao longo da franquia, a divisão entre os dois continuou a aumentar.

Em 2005, Baker finalmente começou a difamação pública ao sugerir que Daniels era rude e anti-social. “Ele nunca quer beber com nenhum de nós. Uma vez, quando disse olá para ele, ele simplesmente me deu as costas e disse: ‘Você não vê que estou conversando?’ Eu estava explodindo de raiva “, disse Baker ao Hollywood.com.

Quando questionado sobre participar de uma reunião de Star Wars, Baker disse: “Depende. Se você convidar sua senhoria, aquele com as bolas douradas. Se ele vier, eu não estarei lá.”

Daniels afirma que não se distanciou do resto do elenco para ser anti-social. “Na verdade, fui contratado em sigilo. O estúdio queria que as pessoas acreditassem que C-3PO era um robô de verdade”, disse ele.

Isso não significa que Daniels não esteja acima de tentar acertar Baker. “Eu nunca o vi”, disse ele. “Quero dizer, R2-D2 nem fala. Ele pode muito bem ser um balde.” 

Que declaração lamentável Sr. Daniels…

Written by Fábio F3

Nascido em 1978 e treinado durante os incríveis anos 80. Movido a refrigerante, mirabel, quadrinhos, filmes e seriados. Casado, F ³ é apenas mais um Jedi aposentado tentando ganhar a vida pela galáxia.

What do you think?

934 points
Upvote Downvote

Comments

Leave a Reply
  1. Achei esquisito essa história da Streep. No começo do resto diz que ela já tinha indicações ao Oscar, mas no fim do texto ela diz que aquele era o primeiro filme dela!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0