in ,

Top 10 Filmes onde o vilão vence no final

Algumas vezes o “felizes para sempre” não acontece…

Nesse Top 10, veremos aquele final que sempre choca o público: o final onde o vilão vence. Como sabemos, nem sempre tudo termina em “felizes para sempre” na vida real, então no cinema não poderia ser diferente.

Seja nos filmes de fantasia medieval, super-heróis ou policiais… nada como ver um vilão bem escrito sair por cima e fechar o filme com chave de ouro, com um final totalmente inesperado.

Aqui está nosso Top 10 para filmes onde o vilão vence – direta ou indiretamente – no final.

[ CONTÉM SPOILERS ]

10 – A Vida é Bela

top 10

Nesse filme, querendo ou não, os nazistas “vencem” no final do filme. O filme tem o ator italiano Roberto Benigni, que também desempenhou o papel principal ao lado de Nicoletta Braschi, sua esposa por quase trinta anos. Na época, o filme ganhou vários prêmios, incluindo três Oscars.

A primeira parte do filme é tranquila, chega a ser cômica, mas as coisas tomam um rumo tenso quando a história avança vários anos para uma Itália ocupada pelos nazistas, onde Guido, sua esposa e seu filho são mandados para um campo de concentração.

No acampamento, Guido faz seu filho imaginar (poupando o menino das barbaridades que aconteciam em volta), que tudo é um jogo valendo um tanque como prêmio.

Apesar de conseguir até o final proteger seu filho, Guido em um momento de azar é capturado e morto pelos nazistas, logo depois o campo é libertado pelas tropas aliadas. Mesmo salvando o filho, a perda do protagonista é algo irreparável.

9 – VINGADORES – Guerra Infinita

top 10

Até a MARVEL tem finais trágicos. Na maioria das vezes, óbvio, os heróis vencem. Mas nem sempre isso acontece.

Em GUERRA CIVIL, por exemplo, vimos heróis lutando contra heróis e o resultado não foi vitória de nenhum lado.

Em Guerra Infinta vemos Thanos em busca das Jóias do Infinito e verdade seja dita, ele aos poucos se torna quase invencível no decorrer do filme. Nesse filme (que antecedeu ULTIMATO), apesar do sacrifício de vários heróis – metade virou poeira – no final o vilão vence.

Thanos conseguiu apesar de tudo executar seu plano e deu o estalar de dedos que acabou com metade da vida no universo.

Mesmo com as coisas sendo revertidas em ULTIMATO, vemos em GUERRA INFINITA que Thanos vence e sua vitória é total.

8 – Seven – Os Sete Crimes Capitais

Seven nos mostra os detetives William Somerset (Morgan Freeman) e David Mills (Brad Pitt) enquanto investigam uma série de assassinatos cometidos por um criminoso que usa os sete pecados capitais para ser identificado.

Durante o filme, a dupla de detetives descobre os primeiros cinco pecados (gula, ganância, preguiça, luxúria e orgulho), mas antes que os dois últimos ocorram, o assassino, conhecido como John Doe (Kevin Spacey), se entrega ao autoridades enquanto coberto com o sangue de uma vítima desconhecida.

Com o final se aproximando, a sensação de desgraça iminente é palpável. Doe direciona Mills e Somerset para o deserto, onde ele os informa que as duas últimas vítimas serão encontradas.

Doe confessa ter inveja da vida de Mills com sua esposa grávida Tracy (Gwyneth Paltrow) antes que uma caixa chegue em cena com a cabeça de Tracy.

Mills mata Doe, tornando-se a última vítima da ira. É o tipo de enredo onde as coisas acontecem do início ao fim do jeito que o vilão planejou.

7 – Batman – O Cavaleiro das Trevas

Muito parecido com o foco centrado em Thanos em Guerra Infinita, O Cavaleiro das Trevas gira diretamente em torno das maquinações do Coringa.

Vemos sua ascensão enquanto ele antagoniza de forma angustiante, mas divertida, Bruce Wayne (Christian Bale) enquanto eles progridem em uma série de confrontos em Gotham.

Este segundo filme da trilogia épica de Nolan deixa Rachel Dawes (Maggie Gyllenhaal) morta e Harvey Dent (Aaron Eckhart) transformado em Duas-Caras.

No fim, temos a cena do Comissário Gordon destruindo o Bat-Sinal (um símbolo da esperança perdida).

Claro, o Coringa foi vencido, mas, verdade seja dita, ele tinha tudo a seu alcance e muito bem planejado do início ao fim. A cena da fuga da delegacia é a maior prova disso.

6 – Jogos Mortais

Jogos Mortais ficou em 6º lugar nesse Top 10 pois em algum momento, ao compreender melhor as pessoas presas ali na sala e descobrir suas culpas, passamos a torcer pelo “vilão”.

O vilão é muito, muito inteligente e sempre impressiona, estando vários passos a frente dos outros personagens do filme.

Na minha opinião o primeiro filme é o melhor de todos. Logo no início, entendemos que as serras fornecidas de maneira tão útil aos protagonistas presos não são destinadas a cortar metal, mas para cortar carne.

Jigsaw é sem dúvidas um dos vilões mais inteligentes do cinema, e do início ao fim, conduz a trama entre revelações, punições e de quebra armadilhas de urso.

Ah, só pra lembrar: no final o vilão estava ali, deitado no chão por todo o filme, ouvindo tudo…

LEIA TAMBÉM:
Top 5 duplas famosas que não se suportam na vida real
Top 5 Papéis que fizeram mal aos atores na vida real
Top 5 Atores que arruinaram suas carreiras em segundos

Nosso Top 10 agora vai até a Terra Média…

5 – O Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel

Primeiro filme de uma trilogia de sucesso baseada na obra de Tolkien. O problema aqui é que a medida que o filme atinge o seu auge, a Sociedade já passou pela perda devastadora de Gandalf (Ian McKellen). Pra piorar, tudo piora pois as forças de Mordor se aproximam deles.

Boromir (Sean Bean) é seduzido pelo Um Anel e tenta pegá-lo de Frodo (Elijah Wood). Sem sucesso e arrependido, Boromir e o resto dos heróis voltam sua atenção para um ataque repentino de soldados Uruk-Hai enviados por Saruman (Christopher Lee).

O ataque massivo divide a Sociedade, com os vilões matando Boromir e levando com sucesso os hobbits Merry (Dominic Monaghan) e Pippin (Billy Boyd). Frodo, tentando se agarrar a missão e concluí-la, parte com Sam (Sean Astin) para o outro lado do rio, e os dois começam a caminhar em direção a Mordor sozinhos.

Resumindo, esse final é o mais caótico que pode parecer e não leva nenhum dos protagonistas a conseguir o que quer. Vitória de Sauron, o Senhor da Escuridão.

4 – Onde os Fracos Não Tem Vez

O personagem Llewelyn Moss de Josh Brolin até parece que vai se dar bem. O problema é que ele foge com uma enorme pilha de dinheiro (a maleta era monitorada, tinha um localizador) na sequência de um negócio de drogas que deu errado.

Ele é perseguido por Anton Chigurh (Javier Bardem), um homem frio e implacável que está empenhado em recuperar a grana. Chigurh é uma figura ameaçadora, um vilão complexo que mata sem motivo e decide quem vive ou morre no cara ou coroa. 

Depois de inúmeras barbaridades, Anton Chigurh não é punido por seus crimes. Ele sai apenas com o braço quebrado, caminhando como se nada tivesse acontecido.

3 – Os Suspeitos

Poucos filmes desse Top 10 puxam o tapete do público com tanto sucesso quanto Os Suspeitos. Passamos praticamente todo o filme hipnotizados pela história contada por Verbal Kint (Kevin Spacey), o único sobrevivente de uma equipe de cinco homens que decide realizar um roubo que dá muito errado.

Nos momentos finais do filme, numa das maiores reviravoltas do cinema, as peças se encaixam e descobrimos que Verbal mentiu o tempo todo. 

O vilão do filme, um terrível criminoso conhecido apenas como Keyser Soze, é na verdade o próprio Verbal Kint, e todas as suas limitações e deficiências físicas eram falsas.

Ele sai da delegacia, mancando e seu modo de andar muda e vem o choque. O vilão saiu pela porta da frente e desapareceu, para sempre. A atuação de Spacey no filme lhe rendeu um Oscar, e é fácil perceber por quê.

2 – WATCHMEN

Watchmen é baseado na HQ homônima e mostra o mundo caso os super-heróis realmente existissem. Na verdade só existe um ser com superpoderes, beirando a divindade.

O “vilão” do filme é Ozymandias. Ele quer evitar um evento apocalíptico criando uma outra ameaça em uma escala muito menor.

No filme, este evento é uma explosão radioativa que ele planeja colocar a culpa em Dr. Manhattan (Billy Crudup), unindo os EUA e a URSS contra ele.

No fim, Coruja e Rorschach descobrem tudo e o filme nos faz crer que o plano de Ozymandias é o melhor caminho para evitar uma guerra nuclear.

O plano é executado e custa a vida de milhares de pessoas. Mas, evitando a guerra, o vilão “salvou” bilhões e com isso, escapou sem nenhuma punição. Uma história digna do nosso Top 10.

1 – Star Wars: Episódio V – O Império Contra-Ataca

Ok, temos Rogue One e A Vingança dos Sith com finais que não acabam bem para os heróis, sabemos disso. Mas para encerrarmos esse Top 10 vamos além.

Após o primeiro filme, que terminou com a explosão da primeira Estrela da Morte,  o Episódio V – O Império Contra-Ataca já começa com a derrota da base rebelde em Hoth. Enquanto o filme se fragmenta nesse ponto: Luke vai treinar com Yoda em Dagobah e Han foge com Léia do Império, tudo parece se acalmar com a chegada na Cidade das Nuvens.

Mas a coisa só piora: Darth Vader e seus troopers aparecem e Han Solo é capturado e congelado.

Luke é atraído para uma armadilha onde fica arrasado ao descobrir que seu inimigo mais odiado (que acabou de cortar sua mão) é na verdade seu pai, numa das cenas mais icônicas da história do cinema.

Nem precisamos dizer que o filme foi uma vitória para Vader e o Império do início ao fim.

Encerramos aqui esse Top 10. E aí? O que você achou? Quer acrescentar algum filme na lista? Poste nos comentários abaixo!

Written by Fábio F3

Nascido em 1978 e treinado durante os incríveis anos 80. Movido a refrigerante, mirabel, quadrinhos, filmes e seriados. Casado, F ³ é apenas mais um Jedi aposentado tentando ganhar a vida pela galáxia.

What do you think?

1772 points
Upvote Downvote

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0