in ,

Karate Kid | As histórias NUNCA contadas dos filmes

KARATE KID, dirigido por John G. Avildsen (o cineasta vencedor do Oscar em Rocky), é considerado um dos melhores filmes dos anos 80. Estrelado por Ralph Macchio e Pat Morita, o filme mostra a história de um franzino garoto que aprende artes marciais com um mestre japonês idoso, e o resultado é um clássico instantâneo.

Mesmo após 30 anos, as pessoas ainda estão assistindo o filme e buscando por COBRA KAI, a série derivada da Netflix. Neste post mostraremos algumas histórias nunca contadas de Karate Kid.

A IDEIA QUE DEU INÍCIO A TUDO

kARATE KID

Reza a lenda que a ideia que levou ao jovem herói Daniel LaRusso e ao Sr. Miyagi começaram quando o produtor Jerry Weintraub (Onze Homens e Um Segredo) estava assistindo televisão, em um dia qualquer.

De acordo com Jared Cowan do LA Weekly , Weintraub viu uma notícia sobre um garoto local que havia acabado de ganhar sua faixa preta de Karate e disse que iria se proteger de valentões locais. Weintraub adorou a ideia e logo a Columbia Pictures contratou Robert Mark Kamen (foto acima) para escrever um roteiro.

Ele também baseou o personagem do Sr. Miyagi em um de seus instrutores (ele fez Karate na vida real quando era jovem), um cara de Okinawa chamado Meitoku Yagi .

E não para por aí: o personagem de John Kreese – o malvado sensei da academia Cobra Kai – era uma combinação de duas pessoas que Kamen conhecera na vida real: um duro fuzileiro naval que virou professor de karate e um instrutor de artes marciais que mandava seus alunos ferir seus oponentes.

Kamen também leva o mérito por ter “inventado” o título do filme. Originalmente, o estúdio chamava o filme de ” The Karate Kid Project “. Em um golpe de gênio, o roteirista decidiu simplesmente se livrar da última palavra! Nasceu o título de um filme clássico.

ESCOLHENDO O ATOR PARA SER O SR. MIYAGI

Karate Kid

Junto com Mestre Yoda e Obi-Wan Kenobi, o Sr. Miyagi é sempre lembrado com um dos maiores mentores dos cinemas de todos os tempos.

Em parte, isso se deve a excelente escolha de Pat Morita para o papel. Morita é perfeito no papel, e seu desempenho lhe rendeu um Oscar de Melhor Ator Coadjuvante.

Porém, por incrível que pareça, Morita não era uma escolha tão óbvia para o papel de um mestre das artes marciais. Ele era um comediante e, antes de fazer The Karate Kid, Morita era mais conhecido por interpretar o personagem cômico de Arnold em Happy Days.

Quando o diretor do filme John G. Avildsen disse ao produtor Jerry Weintraub a ideia de escalar Morita como Miyagi, Weintraub nem mesmo considerou isso. Ele não queria um comediante engraçadinho no papel.

Ele queria Toshiro Mifune, a estrela japonesa conhecida por filmes como Yojimbo, Rashomon e Os Sete Samurais. Mas Avildsen insistiu e estava convencido de que Morita era o homem certo para o trabalho, então ele criou uma maneira de enganar Weintraub para que assistisse ao teste do ator.

Avildsen leu o roteiro com Pat Morita e gravou tudo. Então, durante uma reunião rotineira com Weintraub, Avildsen rapidamente colocou a fita com a gravação e surpreendeu Weintraub com a audição.

Naquele momento, o produtor ficou impressionado, embora tenha exigido que Morita fizesse mais cinco testes antes de lhe dar o papel. Mas depois assistir ao quinto e último teste, Weintraub admitiu que quase cometeu “o pior erro de sua vida” ao descartar Morita no início. O resto, como dizem, é história.

OS PERSONAGENS DANIEL E JOHNNY

Karate Kid

Pode parecer mentira, mas Ralph Macchio tinha 22 anos quando fez o papel do adolescente Daniel LaRusso. Apesar dessa diferença de idade, Macchio foi desde o início o protagonista perfeito para o papel.

Saindo de Vidas Sem Rumo, de Francis Ford Coppola, Macchio teve dúvidas ao entrar em The Karate Kid, porém quando focou em conseguir o papel, sua atitude sarcástica foi o que realmente o ajudou a ficar com o trabalho que o deixaria famoso.

O roteirista Robert Mark Kamen conheceu Macchio e descreveu o jovem ator como “detestável” e, realmente, era exatamente isso que Kamen e John G. Avildsen queriam.

Na verdade, eles estavam procurando por alguém com atitude, um cara novo, mas que que não aceitasse nada de ninguém, assim como Daniel. Eles gostaram tanto de Macchio que até reescreveram alguns detalhes do filme para ele. Originalmente, seu personagem se chamava “Daniel Webber”, mas como Macchio era italiano, eles mudaram seu sobrenome para “LaRusso”.

Já o antagonista William Zabka – o ator que interpretou o valentão Johnny Lawrence (e agora voltou a interpretar em Cobra Kai) – provavelmente conseguiu o papel graças a um método focado de atuação: quando ele estava tentando o papel pela primeira vez, Zabka focou tanto no personagem que agarrou o diretor do filme pela camisa, o que geralmente não é uma ideia inteligente quando você está tentando impressionar alguém que vai te contratar.

O lance de agarrar a camisa deu certo e Zabka foi chamado de volta várias vezes para outros testes. No entanto, durante uma dessas audições, Zabka mostrou suas habilidades nas artes marciais e acabou abrindo um buraco na parede.

Tudo está bem quando termina bem, e Zabka foi escalado como um dos alunos da academia Cobra Kai, criando um dos vilões mais memoráveis ​​da década de 1980.

Karate Kid quase teve um mestre REAL no papel do Sr. Miyagi

O VERDADEIRO SR. MIYAGI

Karate Kid

Sabemos que Pat Morita deu alguns golpes em Karate Kid, mas na época, ele não foi capaz de realizar todos os movimentos que eram exigidos pelo roteiro.

Então, quando chegava a hora de o Sr. Miyagi entrar em ação, pular uma cerca de arame para acertar valentões fantasiados de esqueletos ou outra coisa mais física, Morita se afastaria e entrava na cena um artista marcial real chamado Fumio Demura.

Demura desde jovem no Japão especializou-se em caratê e kobudo (estilo que envolve armas) e, após ganhar o título de campeão de karate do Japão, fez as malas e veio para a América.

Ao chegar nos EUA, Demura tinha apenas 300 dólares, estava tão duro que teve que dormir em uma garagem. Porém, como sabemos a sorte recompensa os ousados e não demorou muito para que Demura abrisse sua escola de karate. e ganhasse a devida fama.

Demura era uma presença regular na capa da revista Black Belt Magazine. Ele até ajudou Bruce Lee a aprender como usar melhor o nunchaku. Com a fama crescendo, Demura fez amizade até com Chuck Norris, e dizem que foi o lendário Chuck que o recomendou para o papel de Sr. Miyagi.

Humildemente, Demura recusou a oportunidade porque seu inglês não era bom o suficiente, mas ele disse que aceitaria – caso houvesse a oportunidade – de ser o dublê de Pat Morita, papel que fez muito bem nos três primeiros filmes da franquia.

PARA FINALIZAR, PROCESSO CONTRA KARATE KID

Karate Kid

É quase uma tradição: basta um filme fazer sucesso e ganhar muito dinheiro que aparece alguém para tentar ganhar uma grana via tribunais. Karate Kid não é exceção. Tudo começou quando um instrutor de karate chamado Bill DeClemente entrou com um processo, alegando que o filme roubou seu apelido.

DeClemente realmente teve o apelido “The Karate Kid”, possivelmente na juventude nos anos 60 e ele imprimiu esse título em cartões de visita, assinou-o em certificados de alunos e mais importante: nomeou sua escola “The Karate Kid Dojo”.

Óbvio que quando o filme foi lançado, DeClemente presumiu que o roteirista Robert Mark Kamen havia roubado sua identidade e sua história.

Mas, ele não conseguiu nada. Um tribunal de Nova York simplesmente não viu dessa forma. Segundo o veredicto poucas pessoas sabiam de seu apelido, então ele não podia culpar os cineastas por essa coincidência. Infelizmente para Bill DeClemente, seu caso foi excluído do tribunal e ele não conseguiu nada.

E aí, conhece mais alguma história memorável – envolvendo Karate Kid – que seja pouco contada? Use os comentários e mande para o Multiverso!

Written by Fábio F3

Nascido em 1978 e treinado durante os incríveis anos 80. Movido a refrigerante, mirabel, quadrinhos, filmes e seriados. Casado, F ³ é apenas mais um Jedi aposentado tentando ganhar a vida pela galáxia.

What do you think?

741 points
Upvote Downvote

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0